Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Ópera ISTO - Pica Pau Amarelo

Ópera ISTO - Pica Pau Amarelo

Música & Festivais | Música

Teatro Cine Torres Vedras

Teatro Cine
Classificação Etária
Maiores de 3 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2021
out
15
Realizado

Duração

45 minutos

Intervalo

Sem Intervalo.

Promotor

Câmara Municipal de Torres Vedras

Breve Introdução

Amanhece no Sítio. O Jeca, com a sua flauta, dá os bons dias a tudo o que o rodeia. O Visconde dorme, profundamente, rodeado de vários montes de livros. Porém, a calma parece ter os minutos contados. Emília, a boneca de trapos do Sítio, acaba de ter uma nova e grandiosa ideia: escrever o seu livro de memórias. E já tem título: As memórias da vida muito maravilhosa de Emília, Marquesa de Rabicó.

O seu plano está de tal forma claro na sua cabeça recheada de macela, que já prevê como e por quem será escrito. Vai ser escrito em papel de pó das estrelas reciclado e com tinta-da-china do Japão. E, não menos importante vai ser escrito pela mão do Visconde de Sabugo. Regra fundamental do jogo: uma coisa que esteja muito clara na cabeça da Emília jamais poderá ser posta em causa. O Visconde de Sabugo, homem culto e sábio e, sobretudo, seu amigo, sabe que não há muito que possa ser feito para contrariar estas suas convicções. Mas será que está tudo assim tão claro na cabeça da Emília? Talvez não.

A começar por aquilo a que devemos chamar memórias. Memórias são exatamente o quê? São as coisas que nos aconteceram ou o modo como depois as lembramos? Não lhes vamos mudando nós algumas cores, alguns traços? E mudamos porque calhou ou para nos confortar? Mas afinal somos mesmo aquilo que achamos que somos? Do alto da sua simplicidade, Jeca Tatú observa o corrupio de Emília e as tentativas de explicação do Visconde. Saboreia a vida entre dois perfumes: o do seu cachimbo e o da sua flauta. Jeca não gasta muito tempo a pensar nas memórias. Prefere olhar à sua volta e sentir o Sítio, sem mais, dia após dia. E o livro de memórias logo se verá.

Intérpretes:
Ângela Marques - Emília
Mário João Alves - Visconde de Sabugo (piano, percussões)
Alexandre Reis - Jeca Tatú, Dr. Caramujo (flautas, piano, percussões)
Figurinos e maquilhagem: Ana Isabel Nogueira
Cenografia e adereços: Ópera Isto
Desenho de luz: Nuno Almeida
Direção de cena: Paula Conceição
Produção / Coprodução: Ópera Isto / Casa da Música

-
Partilhar
H12 - As Linhas de Torres Vedras
H12 - As Linhas de Torres Vedras C. M. Torres Vedras O Memorando de Wellington para Fletcher, de 20 de Outubro de 1809, mandava reconhecer o terreno e fortificar os pontos mais convenientes e defensáveis, visando a construção de um conjunto de fortificações construídas secretamente, que viria a chamar-se de Linhas de Torres Vedras. A Câmara Municipal, numa co-edição, lança este livro da autoria de André Melícias, um estudo fundamental para a compreensão do pensamento estratégico-militar, assim como dos diferentes projectos de construção deste sistema defensivo, determinante na defesa de Portugal frente à terceira invasão. Autor: André Filipe Vítor Melícias Data de edição: 2008 Mais Info Comprar
S15 - A importância económica e social do Cooperat
S15 - A importância económica e social do Cooperat C. M. Torres Vedras Título: A importância económica e social do Cooperativismo: as adegas cooperativas de Torres Vedras (Colecção Linhas de Torres, S15) Autor: Palmira Cipriano Lopes Edição CMTV Mais Info Comprar
Da Vinha ao Vinho
Da Vinha ao Vinho C. M. Torres Vedras Autor: Nanã Sousa Dias Sinopse: Neste livro podemos entender ‘a força transformadora que a vinha tem na nossa paisagem rural, com as suas vestes tão depressa verdes como grenás ou amarelas, cheias de cachos ou despidas de frutos ou de parras, com grande entrelaçado de vides ou podadas, em que a cada dia se vai transformando para regalo incrédulo dos nossos sentidos’. Data de edição: 2008 Mais Info Comprar
H16 - As Linhas de T.Vedras,Invasão e Resistência
H16 - As Linhas de T.Vedras,Invasão e Resistência C. M. Torres Vedras Título completo: H16 - As Linhas de Torres Vedras - Invasão e Resistência 1810-1811 Autor: Cristina Clímaco Edições Colibri e CMTV, Outubro 2010 Mais Info Comprar
Turres Veteras XIV - A História da Saúde  e das Do
Turres Veteras XIV - A História da Saúde e das Do C. M. Torres Vedras Autor: Câmara Municipal de Torres Vedras Sinopse: Mais Info Comprar
Turres Veteras I - Actas de História Medieval
Turres Veteras I - Actas de História Medieval C. M. Torres Vedras Autor: Câmara Municipal de Torres Vedras Sinopse: Cinco estudos sobre Torres Vedras na Idade Média torriense – as vias romanas e medievais, a toponímia árabe e moçárabe, a ocupação cristã do território, o clero e a Igreja – a que se junta outro notável estudo acerca da fundação do concelho da Lourinhã. Data de edição: 2000 Mais Info Comprar
Turres Veteras V - Actas História Militar e Guerra
Turres Veteras V - Actas História Militar e Guerra C. M. Torres Vedras Sinopse: Compilação de um conjunto de estudos produzidos pelos maiores especialistas sobre as temáticas da história militar e da guerra, com uma transversalidade cronológica, desde a Pré-história aos nossos dias, destacando-se alguns estudos sobre as Invasões Francesas e as Linhas de Torres. Edição: Câmara Municipal de Torres Vedras e Instituto de Estudos Regionais e do Municipalismo “Alexandre Herculano”. Data de edição: 2003 Mais Info Comprar
José Félix Henriques Nogueira
José Félix Henriques Nogueira C. M. Torres Vedras Autor: José Augusto Nozes Pires, José Travanca Rodrigues e Venerando Aspra de Matos Sinopse: José Félix Henriques Nogueira que, desde o ano de 1988, dá o seu nome à Escola Secundária de Henriques Nogueira foi, na sua época, figura de proa na defesa do associativismo, do municipalismo. Precursor da República, é tido pelos Republicanos da segunda metade do século XIX como «ilustre fundador da moderna democracia portuguesa»”. Data de edição: Janeiro 2008 Edição: Câmara Municipal de Torres Vedras e Escola Secundária de Henriques Nogueira Mais Info Comprar
Torres Vedras por Eduardo Gageiro
Torres Vedras por Eduardo Gageiro C. M. Torres Vedras Título completo: Torres Vedras por Eduardo Gageiro - Uma Viagem ao Centro Histórico Autor: Eduardo Gageiro Sinopse: A objectiva de Eduardo Gageiro captou, com a mestria que é reconhecida a este artista da fotografia, os pormenores do Centro Histórico, bem como alguns flagrantes de profissões, hoje raras ou que utilizam as mesmas técnicas de há muitas dezenas de anos. O grande mestre da fotografia deu vida a recantos e pessoas que, a nós torrienses, muitas vezes passam despercebidos ou são, mesmo, ignorados. Este conjunto de fotografias de Eduardo Gageiro tornar-se-á, ele próprio, documento essencial para a “leitura” de Torres Vedras”. Data de edição: Julho 2005 Mais Info Comprar
réplica em xisto (5euros)
réplica em xisto (5euros) C. M. Torres Vedras Ídolos-placa, de xisto. 3º milénio a.C. Recriação a partir de modelos das antas alentejanas (Distritos de Évora e Portalegre) Mais Info Comprar
Turres Veteras IV - A. Pré-História História Antig
Turres Veteras IV - A. Pré-História História Antig C. M. Torres Vedras Autor: CMTV Sinopse: Um conjunto de estudos que sintetizam o estado actual da investigação sobre Torres Vedras, na Pré-História e História Antiga: Paleolítico, Calcolítico, as Idades do Bronze e do Ferro e a Época romana. Data de edição: 2002 Mais Info Comprar
Puzzle- Soldado linhas de Torres
Puzzle- Soldado linhas de Torres C. M. Torres Vedras Titulo: Puzzle-Soldado Linhas de Torres Autor:CMTV Edição:CMTV Data: 2010 Mais Info Comprar

Serviços Adicionais