Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Ariodante

Ariodante

Música & Festivais | Ópera

Teatro Nacional S. Carlos

Sala Principal
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
Bilhete Pago
Todas as Idades
2021
nov
02
a
2021
nov
04

Próxima Sessão

02 nov 2021 20:00
Dias
Hrs
Min
Seg

Promotor

OPART - Organismo de Produção Artística, EPE

Breve Introdução

Ariodante HWV 33, de Georg Friedrich Händel
Libreto anónimo segundo Ginevra, principessa di Scozia de Antonio Salvi
Versão semi-encenada

Teatro Nacional de São Carlos
2 e 4 de novembro de 2021 às 20h

Cecilia Molinari, Ariodante
Ana Quintans, Ginevra
Yury Minenko, Polinesso
Sreten Manojlovic, rei da Escócia
João Rodrigues, Odoardo
Eduarda Melo, Dalinda
Marco Alves dos Santos, Lucarnio

Antonio Florio, Direção Musical
Mario Pontiggia, Encenação
Paulo Godinho, Desenho de luz

Orquestra Sinfónica Portuguesa
(maestrina titular Joana Carneiro)

O conjunto de óperas italianas de Georg Friedric Händel permanece ainda hoje como o mais executado e popular da primeira metade do século XVIII.

Ariodante foi estreada em Covent Garden a 8 de janeiro de 1735 e abriu a primeira temporada do compositor neste teatro. O libreto de autor anónimo baseou-se na adaptação de Antonio Salvi dos Cantos 4, 5 e 6 de Orlando Furioso de Lodovico Ariosto, uma das obras literárias que mais músicos entusiasmou.

Ariodante teve onze representações em 1735 e foi reposta na temporada seguinte. Tal como muitas das obras de Händel, sofreu um esquecimento de quase dois séculos e apenas ressurgiu na década de 60 do século XX, depois de Janet Baker a ter ressuscitado em Birmingham em 1964. Esta será a estreia da obra no Teatro Nacional de São Carlos, onde se apresentará pela primeira vez o meio-soprano Cecilia Molinari, acompanhado pelo soprano Ana Quintans, que se estreia no papel de Ginevra.

M/6

Informações Adicionais

Medidas de Combate à COVID-19:
O Teatro Nacional de São Carlos cumpre as recomendações e as regras de segurança emanadas pela Direção-Geral de Saúde e encontra-se certificado pela Inspeção-Geral das Atividades Culturais com o selo "Clean and Safe". 
 
Uso obrigatório de máscara.

Datas e Horários:
As datas e horários dos espetáculos poderão ser alterados, em resultado de medidas de combate à COVID-19 que o Governo ou as autoridades de saúde possam vir a decretar.
As atualizações serão comunicadas nos nossos canais digitais:
www.saocarlos.pt
 https://www.facebook.com/SaoCarlos
 https://www.instagram.com/saocarlos1793/

Preços

  • Plateia - 55€
  • Balcão 3ª Esq - 20€ a 45€
  • Balcão 3ª Dir - 20€ a 45€
  • Balcão 4ª Esq - 20€ a 35€
  • Balcão 4ª Dir - 20€ a 35€
  • Frizas Esq - 55€
  • Frizas Dir - 55€
  • Cam 1ª Esq - 45€
  • Cam 1ª Esq - 55€
  • Cam 1ª Esq - 55€
  • Cam 1ª Dir - 45€
  • Cam 1ª Dir - 55€
  • Cam 1ª Dir - 55€
  • Cam 2ª Esq - 35€
  • Cam 2ª Esq - 45€
  • Cam 2ª Esq - 45€
  • Cam 2ª Dir - 35€
  • Cam 2ª Dir - 45€
  • Cam 2ª Dir - 45€
  • Cam 3ª Esq - 20€
  • Cam 3ª Esq - 35€
  • Cam 3ª Esq - 35€
  • Cam 3ª Dir - 20€
  • Cam 3ª Dir - 35€
  • Cam 3ª Dir - 35€
  • Cam 4ª Esq - 20€
  • Cam 4ª Esq - 20€
  • Cam 4ª Dir - 20€
  • Cam 4ª Dir - 20€

-
Partilhar

Serviços Adicionais